12 de maio de 2015 leandro

Brasil é o 16º país mais feliz do mundo

O Brasil subiu oito posições e chegou ao 16º lugar no ranking de felicidade divulgado pela ONU, através da Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável (SDSN, na sigla em inglês).

O país mais feliz do mundo, segundo a pesquisa, é a Suíça, seguida por Islândia, Dinamarca, Noruega e Canadá.
Já o país mais triste é Ruanda, que sofreu com um genocídio nos anos 1990. A Síria, assolada por uma guerra civil, também está entre os menos felizes, assim como Togo, Burundi e Benin.
Capital social
“À medida que a ciência da felicidadeavança, estamos nos aproximando do coração de quais fatores definem a qualidade de vida dos cidadãos,” disse o professor John Helliwell, da Universidade da Colúmbia Britânica (Canadá), um dos responsáveis pelo ranking.
“Tem-nos encorajado o fato de que mais e mais governos de todo o mundo estão ouvindo e respondendo com políticas que colocam o bem-estar em primeiro lugar. Os países com forte capital social e institucional não apenas apoiam um maior bem-estar, mas são mais resilientes às crises sociais e econômicas”.
Indicadores de felicidade
O ranking é baseado no quanto as pessoas se consideram felizes, mas estima também o quanto dessa felicidade se deve a variáveis como PIB per capita, expectativa de vida, níveis de corrupção e liberdades individuais.
Contaram a favor do Brasil a expectativa de vida e o apoio social, que significa ter com quem contar em situações problemáticas.
O Brasil havia ficado em 24º lugar na última edição do ranking, compilado em 2013. Os pesquisadores afirmam que os brasileiros dizem se sentir mais felizes atualmente, mas que a melhora na posição do país não se deve a nenhuma grande alteração em outros fatores.

FONTE: BBC

Av. Edmundo Pinheiro de Abreu, Nº 888 - Setor Marista - Goiânia-GO -